, , , , , , ,

O que é um Investidor Anjo?

investidoranjo

 

 

Um investidor bonzinho? Que não visa fins lucrativos? Que veio para tirar sua Startup de todos os problemas que ela enfrenta?

Nada disso! O termo “anjo”, nesse caso, é empregado, pois esse investidor não tem apenas funções de um mero investidor de ações. Ele investe não só dinheiro, mas tempo, conhecimento anterior e rede de contatos, além de não passar a possuir uma posição executiva na empresa.

Conhecido também por smart-money, esses tipo de investimento é feito por pessoas físicas, como empresários, executivos e profissionais liberais, que possuem em comum a vasta experiência, participando minoritária no negócio e desempenhando mesmo a função de instruir o empreendedor.

O termo surgiu nos anos 40 nos Estados Unidos para se referir aos investidores que aplicavam dinheiro em produções da Broadway, que assumiam riscos sem saber se haveria retorno financeiro. Nos dias atuais, o investimento anjo é feito, na maioria das vezes, por um grupo de dois a cinco investidores para que haja divisão dos riscos, além também para que um compartilhamento maior de dedicação e experiências seja feito também.

Vale observar que a tendência mais atual e eficiente para o investimento anjo é a designação de um investidor-líder (Lead Investor ou, se o seu investimento for apenas com trabalho, como Deal Leader), que faça a pré-avaliação do projeto e a negociação com o empreendedor, para que este seja então apresentado a outros investidores anjo (neste caso chamados seguidores ou followers). A vantagem desse formato de processo é a aceleração dele, porque validar ações entre um menor número de pessoas assegura um processo mais simples e eficaz.

É claro que o investidor-líder deve ter uma remuneração por sua dedicação adicional, mas não em dinheiro, e sim tendo uma diferenciação na sua participação percentual do negócio. Para tanto, precisa assegurar a disponibilidade de tempo para efetivar todo processo. Além disso, nada impede que um mesmo investidor-anjo atue como líder de um negócio e como seguidor de outro (isso até aumenta sua produtividade e oportunidades).

No ano de 2014, foram registrados 688 milhões de reais de investimento anjo no país, apresentando um crescimento de 11% em relação ao mesmo período do ano anterior. O número de investidores anjos também registrou um crescimento, passando de 6.450 pessoas para 7.060. O aumento foi de 9% em relação ao ano anterior que cresceu apenas 2,3%. Esses dados foram apresentados na 3ª Conferência Nacional de Investimento Anjo, promovida pela Anjos do Brasil.

Anjos do Brasil é uma organização sem fins lucrativos, criada para fomentar o crescimento desse tipo de investimento no Brasil, apoiando o desenvolvimento do empreendedorismo de inovação. Buscam agregar todas as informações disponíveis sobre o investimento anjo para empreendedores e investidores, assim como propiciar oportunidades para esses empreendedores apresentarem seus projetos para potenciais investidores.

Não entram com o intuito de quitar dívidas, nem problemas do passado, muito menos para mandar em seu negócio. O principal tipo de investimento que eles fazem não é o monetário e sim o de ideias para apontar o caminho certo para a sua Startup seguir, baseados nas experiências que adquiriram no seu percurso profissional.

Quer ser abençoado por esse tipo de profissional? Há diversas maneiras de achá-los e não se preocupe que a intenção deles não é de apenas lucrar encima da sua ideia! 😉

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta